A Pantufa

Pensamentos soltos

Wednesday, July 19, 2006

Hello

Primeira nota de 2006.
Num dia em que o céu me parece ainda mais bonito...
Porque por mais que se ande às voltas, o essencial é simples, tão simples.

Hum...

Sunday, May 15, 2005

Reflexão

Nada é mais inabitável do que um lugar onde se foi feliz. De Cesare Pavese.

O que acham? Será verdade? (onde é que já li isto...)

Why did i dream of you last night?

E mesmo sem vir ao caso... e apenas por ser muito bonito.

Why did i dream of you last night?
Why did I dream of you last night?
Now morning is pushing back hair with grey light
Memories strike home, like slaps in the face;
Raised on elbow, I stare at the pale fog
beyond the window.

So many things I had thought forgotten
Return to my mind with stranger pain:
- Like letters that arrive addressed to someone
Who left the house so many years ago.

Philip Larkin

Mar

Mar, metade da minha alma é feita de maresia
Pois é pela mesma inquietação e nostalgia,
Que há no vasto clamor da maré cheia,
Que nunca nenhum bem me satisfez.
E é porque as tuas ondas desfeitas pela areia
Mais fortes se levantam outra vez,
Que após cada queda caminho para a vida,
Por uma nova ilusão entontecida.

E se vou dizendo aos astros o meu mal
É porque também tu revoltado e teatral
Fazes soar a tua dor pelas alturas.
E se antes de tudo odeio e fujo
O que é impuro, profano e sujo,
É só porque as tuas ondas são puras.

Sophia Mello Breyner

Apetececia-me ficar ali

Apetecia-me ficar ali – dizia ele sentado numa esplanada a olhar o mar, recordava o seu fundo na pesca desse dia de manhã. A dez metros da superfície, sozinho com a imensidão que só a alguma profundidade se sente. Apesar de não saber explicar nem usar palavras bonitas, percebi nos seus olhos a sensação de tranquilidade que deve ter sentido. Ali, naquele instante tão fugaz quanto o que o fôlego permite, foi feliz. Ou pelo menos tranquilo.

Julgo que existem momentos na vida de qualquer pessoa em que se sente essa sensação quase absoluta, a que na literatura tantas vezes foi descrita. Momentos em que se escolha houvesse, escolheríamos morrer. Nunca senti uma tranquilidade assim.

Tuesday, May 03, 2005


I should be in heaven...


Heaven...